Sempre é bom economizar dinheiro! Mas um dos itens que mais pesam no orçamento é o vestuário. Por isso, criei algumas dicas de economia para você renovar o seu guarda-roupa, gastando pouco. Veja!

1) Aproveite as tendências que estarão em alta durante todo o ano de 2018

Mesmo que o intuito deste post seja dar dicas de economia na hora de você comprar as suas roupas, é importante ressaltar que você não precisa andar sempre no básico para garantir o seu guarda-roupa renovado. Muito pelo contrário: você pode apostar nas tendências da moda, principalmente aquelas que vão ficar em alta o ano todo.

Sempre trago aqui no Blog da Paty e nas minhas redes sociais várias dicas de como aproveitar as tendências – navegue e veja todas as dicas. Neste ano de 2018, por exemplo, tem algumas tendências que fizeram sucesso no verão e devem seguir pelas estações mais frias – como é o caso da calça flare, das cores mais vibrantes (como o ultra violeta), da calça clochard, do oversized, da assimetria, das estampas geométricas e das listras, entre outras tendências. Abaixo, apostei na saia midi e em uma blusa maravilhosa em tons terrosos.

2) Pesquise antes de comprar

A plataforma Clooset – veja aqui o meu perfil e confira os looks que criei – é um ótimo instrumento para procurar peças antes de comprar e até combiná-las em cards antes mesmo de você adquiri-las. As imagens deste post, por exemplo, são de looks que criei na plataforma e você pode navegar por elas passando o mouse para ver detalhes e valores. Clique para comprar com um precinho camarada!

A pesquisa de preço é uma regra de ouro quando é preciso fazer economia. Jamais deixe de pesquisar – tanto no seu guarda-roupa, o que você realmente precisa quanto nas coleções e lojas preferidas.

3) Prefira peças que combinem entre si

Peças que permitam o maior número de combinações, independentemente da ocasião, são as mais econômicas. Por isso, pesquisar, comparar e criar looks antes mesmo de comprar as peças é algo muito positivo para fazer economia.

Camisas básicas – com e sem manga – calças jeans, calças de alfaiataria, blazers, peças em cores neutras, entre outros tipos de itens são aquelas que rendem muitos looks e podem permutar combinações entre si.

4) Prefira roupas práticas

Qual o tipo de roupa que você usa mais no seu dia a dia? São estas as que precisam ter maior variação. E se for usar no seu dia a dia, elas precisam ser práticas. Tudo bem que há itens fashionistas fabulosos e é sempre interessante tê-los se você gosta de moda.

Contudo, o seu maior gasto será com os tipos de roupas que você usa mais, e logo, é nestas que deve economizar, comprando mais por menos. Tenha sempre várias peças para esta função para evitar assim o desgaste de roupa e dos looks.

5) Esteja em sintonia com o seu estilo

Saber bem qual é o seu estilo é uma preciso dica de economia na hora de comprar roupas ou renovar o seu guarda-roupas. A probabilidade de perder dinheiro sem saber o que de fato precisa ou quer comprar é muito grande. Como já disse antes, pesquise sempre peças e tendências, mas reflita sobre quem você é e o que combina mais com você.

Veja também: OMBRO ÚNICO É TENDÊNCIA – VEJA COMO USÁ-LA E FIQUE LINDA!

Gostou das dicas de economia usando o Clooset e aproveitando as tendências para 2018? Deixe um comentário!

RECEBA NOSSOS NOVOS ARTIGOS POR EMAIL

ASSINE AGORA

Name *

Email *

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here